Decisões Favoráveis

Um servidor público, com 63 anos de idade, foi acometido com neoplasia maligna com diagnóstico de Leucemia Linfoblástica Aguda desde 2007 e submetido a um tratamento árduo com diversos ciclos
Após o diagnóstico de insuficiência mitral grave, a paciente idosa iniciou acompanhamento ambulatorial intenso, porém, os medicamentos prescritos não surtiram o efeito desejado e a doença progrediu rapidamente para insuficiência
Uma paciente idosa, com 80 anos, foi surpreendida com o diagnóstico de Carcinoma Espinocelular de Canal Anal, com comprometimento de linfonodos de ilíaca interna direita e mesorretais. Diante da gravidade
Após receber o grave diagnóstico de Mieloma Múltiplo (CID C90.0), a paciente iniciou um severo tratamento oncológico, sendo submetida a um transplante de medula óssea autólogo e sessões de quimioterapia,
Paciente obtém a cobertura do medicamento Votrient® (cloridrato de pazopanibe), por intermédio de decisão judicial. Um paciente foi surpreendido com o diagnóstico de carcinoma de rim metastático, porém, os tratamentos
Um paciente, com 72 anos de idade, recebeu o grave diagnóstico de esclerose múltipla de forma progressiva (CID 10 G35), uma doença autoimune degenerativa do sistema nervoso central (SNC). O
A operadora já enfrentava dificuldades financeiras e, nos últimos anos, descredenciou diversos hospitais, tais como, Sírio Libanês, Santa Catarina, Oswaldo Cruz e 9 de Julho. Justica-plano-de-saude-portabilidade O Judiciário concedeu, recentemente,
Ainda que não conste expressamente no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, as operadoras de planos e seguros saúde não podem
Em recente decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo reconheceu-se a abusividade na imposição de período de carência prolongado em apólices de seguro de vida. O seguro de vida
Muitos consumidores buscam a proteção do Poder Judiciário para impedir o cancelamento unilateral de contratos empresariais. Nesses casos, o Judiciário tem reprovado o comportamento das operadoras e reconhece, em diversas
O fato do medicamento não constar expressamente no contrato não pode impedir o cliente de uma operadora de saúde de ter a cobertura ao tratamento que lhe foi prescrito, especialmente
Diante da recusa abusiva, o Juiz determinou o imediato custeio do fármaco, sob alegação de que a Lei 9.656/98 resguarda expressamente a cobertura para tratamentos antineoplásicos ambulatoriais e domiciliares de