fbpx

Planejamento previdenciário

Por Renata Severo e Daniela Castro

O planejamento previdenciário pode ser fator essencial para a escolha do melhor benefício ao segurado, isto porque possibilita verificar todos os possíveis cenários para uma aposentadoria e as projeções de valores.

 

Com a mudança da reforma previdenciária, alguns cenários passaram a ser possíveis em razão das regras de transição, sendo algumas mais benéficas e outras nem tanto. Através do planejamento previdenciário é possível verificar se o segurado atende alguma das regras de transição, melhor data para pedido de aposentadoria e possíveis valores através do que consta no CNIS.

Ademais, através deste trabalho é possível verificar a necessidade de correção do CNIS seja por recolhimentos a menor, seja por vínculos incorretos, ou até mesmo falta de informações de locais laborados que não constam nas informações do INSS.

O planejamento previdenciário possibilita programação de contribuições para que possam trazer melhores valores para a aposentadoria do segurado, possibilitando também escolher o melhor momento profissional para a sua aposentadoria.

Leia também: Alterações da Previdência no Ano de 2021

Assim, o planejamento previdenciário consiste na análise do CNIS, possíveis necessidades de acerto por informações inadequadas, elaboração de cálculos das diferentes regras de transição e tipos de aposentadoria com a consequente projeção de data de possibilidade de pedido e valores envolvidos, podendo ainda fazer projeção com diferentes tipos de contribuição buscando apresentar a melhor solução para o segurado.

 

*Renata Severo, advogada e sócia especializada em direito à saúde e direito previdenciário do escritório Vilhena Silva Advogados

 

 

*Daniela Castro, advogada especializada em direito à saúde e direito previdenciário do escritório Vilhena Silva Advogados

 

 

Notícias relacionadas



WhatsApp chat