Benefícios previdenciários

O cenário atual da previdência no Brasil passa por diversas modificações. De fato é um período de muitas dúvidas, inseguranças e especulações. Com o intuito de auxiliar e melhor orientar seus clientes, o Escritório Vilhena Silva atua na área previdenciária dando todo o amparo e orientações sobre os benefícios a serem concedidos. Assim como as eventuais revisões necessárias, fazendo ampla análise de CNIS e planejamento previdenciário com consultorias pré e pós-aposentadoria. Dessa forma, atua tanto na espera administrativa como judicial.

 

Anteriormente, em alguns casos, o INSS, ao realizar o cálculo da aposentadoria, cometeu alguns equívocos que podem ser corrigidos através de revisões dos cálculos. Tais como: deixar de considerar tempo de contribuição, não considerar tempo especial, bem como deixar de considerar contribuições anteriores a julho de 94 (Revisão Vida toda).

 

Além disso, o escritório atua também com pedidos de previdência privada. Assim como auxílio na análise de benefícios e demais orientações.

 

Benefícios previdenciários de atuação

 

Aposentadoria por idade

 

Para concessão da aposentadoria por idade é necessário que o beneficiário tenha idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 para homens. Além disso, precisa ter um número mínimo de 180 contribuições.

 

Aposentadoria por tempo de contribuição

 

A aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício destinado aos segurados. Desde que possuam período mínimo de contribuição de 30 anos para mulheres e 35 para homens. E que, além disso, tenham recolhimento de, ao menos, 180 contribuições.

 

Aposentadoria por invalidez

 

Benefício devido aos segurados que apresentam incapacidade ao trabalho. E que, portanto, não tenham perspectiva de recuperação do potencial laborativo ou então de muito improvável perspectiva.

 

Aposentadoria da pessoa com deficiência por idade

 

Benefício concedido a pessoas com mínimo de 180 (cento e oitenta) contribuições realizadas na condição de pessoa com deficiência. Assim como idade mínima de 55 (cinquenta e cinco) anos para mulheres e 60 (sessenta) anos para homens.

 

Aposentadoria da pessoa com deficiência por tempo de contribuição

 

Benefício concedido a pessoas com, no mínimo, 180 (cento e oitenta) meses trabalhados na condição de pessoa deficiente. Bem como com comprovado tempo de contribuição necessário, de acordo com o grau de deficiência. Isto é, de leve (mulher 28 anos e homem 33 anos), a moderada (mulher 24 anos e homem 29 anos) ou grave (mulher 20 anos e homem 25 anos).

 

Auxílio doença

 

O Auxílio-Doença é um benefício por incapacidade devido ao segurado do INSS que comprove, em perícia médica, estar temporariamente incapaz para o trabalho. Ou então para sua atividade habitual em decorrência de doença ou acidente. Havendo cessação indevida do benefício é possível, sem dúvida, questionar administrativamente ou judicialmente.

 

Pensão por morte

 

Benefício pago aos dependentes – cônjuge, companheiro (a), filhos e enteados menores de 21 anos ou inválidos – do segurado aposentado ou trabalhador urbano, logo que vier a falecer ou que tenha morte presumida declarada judicialmente.